• Unidade Centro (24h)
    (86) 3301-2500
  • Medical Leste
    (86) 3301-2510
  • WhatsApp

A insônia pode ser um sintoma de outros problemas de saúde?

4 de março de 2020
oto

A insônia, por si só, já é um problema, mas também pode ser sintoma de outras questões. Ansiedade e depressão são duas condições que podem gerar a dificuldade para dormir, afirma Helena Hachul, médica e pesquisadora do Instituto do Sono. Os insones podem ser identificados, de forma geral, quando há dificuldade para dormir três vezes por semana nos últimos três meses. Também é necessário haver repercussões no dia seguinte, como irritabilidade. “Notamos que o sono não está adequado quando você acorda e não está disposto para enfrentar o dia”, diz a especialista.

De acordo com ela, é comum haver confusão entre insônia e privação de sono. No segundo caso, por conta da vida agitada em grandes cidades e de uma realidade conhecida como 24/7 (conexão constante, 24h por dia, 7 dias por semana), é comum ter pouco tempo para dormir.

Também pode haver uma má percepção do sono quando a pessoa acha que tem insônia ou que descansou menos do que realmente dormiu. Isso muitas vezes está ligado a uma expectativa muito elevada em relação à qualidade do sono que se terá.

Para o descanso completo, o ser humano precisa passar metade do tempo em um sono superficial e a outra metade dividida entre sono profundo e REM (rapid eye movement, em inglês; no qual ocorrem os sonhos). Para maiores chances de sucesso no descanso, é importante ter bons hábitos de vida (boa alimentação e exercício físico regular) e praticar a higiene do sono.

Fazem parte dessa higiene atividades relaxantes para a noite, diminuir a iluminação do ambiente, evitar comidas pesadas que prejudicam a digestão e bebidas estimulantes, evitar ficar olhando o celular. “O banho morno sempre ajuda”, afirma Hachul.

Se mesmo assim o sono não vier, vale consultar um especialista.

Fonte: FSP

Escreva um comentário